Cartaz Oferta Formativa 2021

selo

Leituras Centenárias

Escrito por domingo, 05 dezembro 2021 22:23

Assinala-se a 16 de novembro de 2022 o centenário do nascimento de José Saramago. A efeméride constituirá uma oportunidade privilegiada para a consolidação da presença de um grande escritor na história cultural e literária, em Portugal e no estrangeiro, bem como para se prestar homenagem à sua figura de cidadão. O programa “Saramago na Escola” compreende várias iniciativas, dentre as quais as “Leituras Centenárias”, uma parceria da Fundação José Saramago com a Rede de Bibliotecas Escolares e com o Plano Nacional de Leitura. Assim, no dia 16 de novembro de 2021, assinalou-se a abertura do Centenário em 100 Escolas Básicas portuguesas com sessões de leitura do conto A Maior Flor do Mundo, presente no currículo escolar do 4º ano do Ensino Básico. Para além de constituir uma evocação do escritor José Saramago, as “Leituras Centenárias” procuraram motivar os jovens para a leitura, para o aperfeiçoamento da língua, para a compreensão da narrativa e para o questionamento e diálogo sobre nós próprios, a sociedade e o meio ambiente, em sintonia com a filosofia que preside ao Plano Nacional de Leitura e à Rede de Bibliotecas Escolar. No nosso agrupamento, participaram quatro escolas básicas: Conde de Vilalva, Frei Aleixo, Galopim de Carvalho e Canaviais. Os alunos que representaram as escolas foram os seguintes: Leonor Murteira (6.ºano), Margarida Varela Ferreira ( 4.ºano);Ariana Canas (4.ºano) e Vasco Cabecinha(4.ano)

Cientificamente provável

Escrito por sexta-feira, 03 dezembro 2021 18:08

20211202 152242

A Biblioteca Escolar dá continuidade à parceria que estabeleceu com o Laboratório HERCULES - Universidade de Évora com a dinamização de um conjunto de atividades que visam aproximar os alunos da Escola Secundária André de Gouveia, que frequentam a área de Ciências e Tecnologias, ao processo de investigação desenvolvido no Laboratório HERCULES.

A primeira dessas atividades decorreu hoje, dia 2 de dezembro, e trouxe à escola a investigadora Milene Gil com a apresentação da palestra subordinada ao tema “À descoberta dos materiais de cor de Almada Negreiros (Fase1)”. Participaram alunos de 10.ºCT1 e 12.ºCT2 e SE acompanhados pelos seus professores.

Cientificamente provável é uma iniciativa que visa incentivar e enquadrar o estabelecimento de parcerias entre as Bibliotecas de Escolas Secundárias e as Unidades de Investigação e/ou Bibliotecas do Ensino Superior.

São objetivos principais do Cientificamente Provável:

“1. Promover a aproximação entre o ensino secundário e o ensino superior, através das bibliotecas escolares;

  1. Contribuir para o enriquecimento dos percursos formativos dos jovens e para o desenvolvimento das suas competências de investigação, comunicação e literacia da informação;
  2. Proporcionar aos alunos o contacto com investigadores e práticas de investigação universitárias, motivando-os para aprofundar os seus conhecimentos e para prosseguir estudos superiores nas áreas dos seus interesses.“ (in https://rbe.mec.pt/np4/CientificamenteProvavel.html )

#cientificamenteprovável

#HERCULES 

#BibliotecaESAG

 

20211202 144451

Projeto: " Mulheres de Coragem no Palácio de Belém"

Escrito por sexta-feira, 26 novembro 2021 20:45

0001

Desafio Internacional do Pensamento Computacional

Escrito por sábado, 06 novembro 2021 19:00

A turma CA43A da EB de Canaviais participa no Projeto Bebras - Desafio Internacional do Pensamento Computacional

0001

FANTÁSTICO - imagens gravadas...histórias contadas...

Escrito por terça-feira, 02 novembro 2021 21:59

capa fantástico (1)

 No ano letivo 2018/2019, a Biblioteca da Escola Conde de Vilalva promoveu um concurso de escrita, destinado aos alunos de segundo e terceiro ciclos do Agrupamento, em articulação com o Clube de Gravura e a disciplina de Português. O tema do concurso foi o “Fantástico”. Os objetivos foram os seguintes: fomentar hábitos de leitura e de escrita na comunidade escolar; desenvolver a capacidade de expressão e comunicação escritas e estimular a escrita criativa e a expressão plástica.

As Fases do Concurso foram as que seguir se enumeram:

1. Leitura de dois contos selecionados pela professora bibliotecária em articulação com a professora do clube de gravura.

2. Ilustração das histórias com gravuras.

3. Exposição de gravuras na biblioteca.

4. Visita à exposição com os professores de Português.

5. Redação de textos coletivos sob a orientação do professor de Português, em sala de aula.

6- Atribuição de um prémio ao melhor texto de cada ano de escolaridade.

7. Edição de um livro com os textos e gravuras.

8. Lançamento do livro, no terceiro período.

Com este concurso, valoriza-se a leitura, mas também a escrita e a ilustração.

Tal como Sérgio Niza defende, consideramos que a escrita mantém uma forte ligação com a leitura e que uma das melhores maneiras de fazer dos alunos leitores é fazer deles escritores.

https://pt.calameo.com/read/0067824206285c748db6a